Quando estava pensando no escrever no Blog, pensei o mote seria o senador Wellington Dias. Mas infelizmente, vou deixa-lo para depois, porque o foco mesmo é o governador Zé Filho e toda a confusão em torno da pré-candidatura de Marcelo Castro, da falta de entendimento da base aliada. Nesta semana uma declaração do governador, afirmando que poderia ser candidato ao Governo do Estado, praticamente detonou a  pré-candidatura Castro e deixa pelo menos no momento mais confortável a situação do pré-candidato do PT .

Ai faço uma pergunta, afinal de contas, quem é o coordenador político da campanha de Marcelo Castro? Se é que ele existe. Tudo isso que está acontecendo na base é falta de um comando político. Não sei o que acontece, mas é estranho, porque a administração de Zé Filho tem um excelente articulador político,  o secretário de Governo Freitas Neto. E a base aliada não tem um articulador, pelo menos é o que parece.

Porque Castro não consegue organizar sua base? Fica a pergunta, será falta de pulso? Será que os seus “companheiros do blocão” não se entendem porque não acreditam em sua candidatura?

Esta na hora de Castro e Wilson Martins e o Governador Zé Filho, organizarem a bagunça aliada, ou melhor a base aliada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s