A ilustração é de Cicero e faz parte de um texto de 2012 do blog do Coronel, mas é parece que foi feita para a decisão tucana de hoje.

Alguns analistas em Brasília afirmavam que não seria surpresa se o PSDB decidisse  ficar com a base  do presidente Michel Temer. E foi o que aconteceu, apesar de todo clima ruim e  imagem desgastada do presidente, o PSDB continua firme ao seu lado. Depois de Temer ter ganho uma sobrevida,com a vitória no Tribunal Superior Eleitoral, em ter sido absolvido na ação de cassação de mandato proposta PSDB ainda em 2014, o partido sem qualquer constrangimento fica com o presidente, vai dar o calado como resposta, tudo em nome da “governabilidade”.

Na verdade, o PSDB decidiu agir como uma avestruz, meter a cabeça em um buraco e deixar o corpo de fora e fazer de conta que nada esta acontecendo no Brasil. Em vez de agir como um  tucano o pássaro simbolo do partido. Apesar de toda repercussão negativa de estar com o Governo Temer, os caciques tucanos decidiram ficam com o Governo Federal. Agora, os mandantes do PSDB deveriam pensar o efeito que isso pode ter com os seus eleitores.

No domingo, o movimento cívico global Avaaz fez uma pesquisa em todo o pais, ouvindo 20 mil pessoas.  O resultado apontou que  76% dos eleitores do PSDB querem que o partido abandone Temer hoje.  O estudo feito 24 horas antes da reunião emergencial do partido,  mostrou como os eleitores e potenciais eleitores pensam em relação ao assunto.

Aqui no Piauí, o posicionamento foi um pouco diferente. O partido não mandou representantes para o encontro em Brasília, apenas manifestou sua posição.  O deputado Mardem Menezes, presidente da sigla no Piauí, por meio de sua assessoria informou que por incompatibilidade de horários nos voos não teve como ir a Brasília.

De acordo com a informação, o deputado entrou em contato com os dirigentes nacionais e informou a posição do PSDB-PI por telefone. “A posição é de que a ocupação de cargos não é prioridade e o partido tem de se comprometer em aprovar as reformas, porque são para o País e não para o presidente”, afirmou a assessoria do presidente do PSDB -PI.

Resumindo: os tucanos do Piauí querem o afastamento do Governo Temer, mas deixam a decisão para os tucanos  dos outros Estados (os que tem peso político). Segundo Mardem, o partido deveria deixar cargos, mas a decisão vai caber aos Estados que estão mais envolvidos com os cargos no governo.

Ou seja os caciques tucanos não estão preocupados com o que seus eleitores querem e pensam.  Mais uma vez ,a prática política mostra como os partidos como PT e PSDB são iguais (por isso estão cobertos pelo mesma lamaçal de denúncias), o que vale e vontade de quem manda (não importa lógica dos fatos).

Clique e veja a pesquisa  76% dos eleitores do PSDB querem que o partido abandone Temer

Abaixo o Texto do instituto Avaaz desta segunda-feira (12)

A pressão pública sobre os líderes do PSDB antes da reunião emergencial que ocorrerá hoje é massiva: já que mais de 7 a cada 10 de seus eleitores querem que eles abandonem o governo do Presidente Michel Temer. Isso é o que revelou, nesta segunda-feira, uma pesquisa encomendada pelo movimento cívico global Avaaz (levantamento completo em anexo).

No último final de semana, o centro de pesquisas Ideia/Big Data entrevistou por telefone 20 mil pessoas que se identificaram como eleitores ou potenciais eleitores do PSDB, e perguntou se eles achavam que o partido deveria deixar o governo Temer. 76% deles disseram “sim”.

“Eleitores do PSDB estão enviando uma mensagem ensurdecedora aos seus líderes — abandonem Temer agora ou encarem uma debandada eleitoral em 2018. As pessoas estão fartas dos acordos obscuros e alianças tóxicas com este governo corrupto. Queremos líderes que possam realmente inaugurar um novo capítulo para o país, o capítulo do Brasil Limpo”, disse Diego Casaes, Coordenador de Campanhas da Avaaz.

A pesquisa foi realizada após a petição #ForaTemer da Avaaz, que reuniu mais de meio milhão de assinaturas em apenas alguns dias, exigindo a saída imediata do Presidente Michel Temer e que os deputados convoquem eleições diretas. Ainda, nos últimos dias, milhares de membros da Avaaz ligaram e enviaram mensagens para os líderes do PSDB, pressionando-os para que abandonem o governo Temer e apóiem sua cassação.

O movimento global Avaaz tem mais de 44 milhões de membros no mundo, sendo 8 milhões deles só no Brasil, e realiza campanhas contra a corrupção sistêmica e dos partidos políticos há anos:

  • Mais de 1,3 milhão de membros assinaram a campanha exigindo a cassação do mandato de Eduardo Cunha e milhares de membros telefonaram para os parlamentares exigindo que votassem pela cassação.
  • Ajudamos a acabar com a farra das passagens aéreas para as esposas de deputados depois que mais de 460 mil membros ajudaram a catapultar a indignação pública dos brasileiros para a imprensa.
  • Junto ao Ministério Público, realizamos campanha para promover a adoção das 10 Medidas Contra a Corrupção no Brasil, ajudando a campanha a ultrapassar 2 milhões de assinaturas online!
  • Quando alguns senadores quiseram impedir o trabalho da Justiça e parar a Lava Jato, 420 mil membros da Avaaz ajudaram a colocá-los sob holofote e bloquear a votação!

 

Ideia_Avaaz_Pesquisa PSDB (final-pdf)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s