Olha só o risco que os alunos da rede pública passam pelo menos duas vezes ao dia. A foto é de um acidente na última sexta-feira, onde um pau de arara, uma pick up com bancos de madeira, saiu da estrada e deu um grande susto nos alunos de uma escola de ensino médio que estavam a caminho da cidade de Colônia do Piauí.  O caso aconteceu na cidade que fica localizada a 303 quilômetros ao sul de Teresina. Aí faço a pergunta: de quem é a responsabilidade neste caso?

 

As fotos foram encaminhadas ao Blog do Bira com as informações, por um servidor público federal de  Brasília que passava no local, na rodovia PI 236. Ele relatou que logo após o carro ter perdido o controle e descido uma ribanceira, passou no local,  parou e prestou os primeiros socorros as vítimas.  Ele transportou cinco alunos até o posto de saúde de Colônia do Piauí: Alison Benedito Veloso Gomes; Dalila Rafaela Veloso Gomes; Joice Figueiredo Mendes dos Passos; Melise Mendes da Costa Leal e Fabiana Pereira Batista Borges.

O acidente aconteceu no quilômetro 30, da PI 236,   perto da zona urbana da cidade cerca de  5  quilômetros de Colônia do Piauí. Eles vinham da zona rural do município,  já que o carro sentido Simplício Mendes  a  Colônia.

O alívio, segundo as informações não houve gravidade no caso. Agora o que causa espanto é que o acidente, segundo os alunos, era previsível, pois  todos sabiam que o carro estava sem freios. E mesmo assim, segundo relatos dos aluno, o motorista do veiculo era autorizado e continuava a fazer o transporte dos alunos. Volto a pergunta do início do texto de quem é responsabilidade?

Este tipo de tragédia anunciada circula todos os dias pelas estradas do Piauí. Onde carros em impróprios para o transporte e sem manutenção levam estas crianças e jovem que quem apenas ir a escola.

Este absurdo deixa alguns questionamentos. Onde estão os ônibus que devem fazer o transporte? Onde estão os milhões reais que são gastos neste serviço? Onde está o Ministério Público Estadual que não age para coibir o transporte irregular dos aluno? Onde e como está a investigação do Ministério Público Federal sobre a aplicação dos recursos do Programa do Transporte Escolar? Onde estão os conselhos tutelares dos municípios? E o pior onde estão a Prefeitura de Colônia e a Secretaria de Educação do Estado?

Será que os gestores deste serviço vão esperar que aconteça um acidente com morte de alunos, para que se tome uma providência para evitar que  crianças e jovens sejam transportados em veículos sem segurança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s