As declarações do deputado federal Assis Carvalho, presidente estadual do PT, sobre a participação do PP e do PT na composição da chapa de Wellington Dias em 2018 foi recebida com desconfiança pelo Partido Progressista.

O deputado estadual Julio Arcorverde, presidente do PP, disse que o petista quis criar um clima ruim entre o PP e o PMDB. Segundo ele, a fala de Assis Carvalho, na segunda-feira na Teresina FM, deixou  claro que Carvalho não quer o PMDB.

“O problema é que ele colocou a vice governadora Margarete Coelho meio da história, com o objetivo de criar um problema com o PMDB”, disse Júlio. 

 Em sua declaração, Assis Carvalho disse que é natural que qiem está no cargo  tenha a preferência na reeleição. Isso colocou o PP e Margarete Coelho em rota de colisão com o PMDB, porque o deputado Themistocles Filho é o nome do PMDB governista para ser o vice de Wellington Dias.

Para o PP o recado foi claro. O PT  não quer o PMDB, mas os Progressistas tem um acerto com os Peemedebistas, estarão juntos em 2018.  E isso de acordo com Arcorverde será  mantido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s