Tudo ficou como o governador Wellington Dias queira. O Partido dos Trabalhadores aceitou o chapão – a coligação total para as vagas proporcionais ( deputados estaduais e federais). E isso mostra que Wellington Dias manda no PT, por mais que o partido faça grandes eventos internos, discussões acirradas e reuniões, mas tudo é feito de acordo com o que pensa o governador.  Isso aconteceu novamente, no sábado (28) o Encontro de Tática Eleitoral do Partido dos Trabalhadores definiu pelo chapão, como o governador determinou.

Isso acontece porque o PT nunca se fortaleceu como partido político, Wellington Dias  quando foi eleito em 2002, para o seu primeiro mandato de governador, conseguiu concentrar força e ganhar capital político (o que lhe mantém ainda como o favorito indo para a quarta disputa como governador), mas não conseguiu transferir esta força política para o partido no interior do Estado. Diferente do Progressistas do senador Ciro Nogueira, hoje o maior partido do Piauí.

Como Dias desenhou, o governador colocou para o PT a seguinte saída – se o partido quiser continuar a perspectiva de poder para a eleição de 2022, a sigla deve aceitar o chapão para emplacar a indicação de vice. O garantiria o PT no Poder até 2022 – é claro se Wellington Dias for reeleito. De quebra esta ação atendeu a reivindicação dos deputados do MDB – que querem os votos do PT para fazer uma escada política (mesmo que isso tenha anulado as pretensões politicas de Themístocles Filho ser o vice de Dias).

Parece que a polêmica dentro do PT terminou,  mas no dia 03 de agosto na convenção do partido serão definidos os nomes dos candidatos que vão disputar eleição, neste dia podemos esperar muita discussão. Por que os caciques do PT vão apresentar  uma lista com 16 nomes que vão disputar a eleição proporcional.

Como declarou o deputado federal Assis Carvalho, ao site Cidadeverde.com “Vamos levar 16 nomes para o chapão. Não será problema porque serão 60 vagas e poucos partidos têm tantos nomes como o PT. Tem partido que quase não tem ninguém para apresentar. Até agora não chegaram nem a 50 nomes. Tem espaço para os nomes do PT”, falou odeputado ao site.

O presidente do PT disse  o partido segue unido para a convenção do dia 03 de agosto, uma verdade já que o PT aceitou o que o governador Wellington Dias definiu para a sigla, Regina Sousa como vice e participar do Chapão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s