Agora é vez a de Heráclito Fortes ser alvo de uma ação de impugnação de registro de candidatura. Hoje na manhã desta terça (21)um grupo de sindicalistas encaminhou a Procuradoria  Eleitoral  uma  representação contra o registro da candidatura a deputado federal de Heráclito Fortes (DEM). Dentre os propositores estavas os sindicalistas João Moura e Marcelino Fonteles. Eles propositores pedem a impugnação do registro de Fortes. No pedido eles alegam  que esse deputado  foi condenado em última instância, como tem sentença transitada em julgada, os propositores defende a impugnação do registro de candidatura de Fortes.

Segundo Marcelino Fonteles, da Frente Brasil Popular dezenas de entidades que apoiaram a iniciativas, “Mas usamos só quatro entidades: a  CUT representada pro Paulo Bezerra Frente Brasil Popular Piauí, o MST com  João Luis e SINTTEL João de Moura,
no documento que encaminhamos para a procuradoria Além dele, anexamos as três sentenças condenatórias e as provas que levaram à tal condenação”, afirmou Fonteles

O deputado federal respondeu por meio de Nota

hf

Agora cabe ao Ministério Público Eleitoral analisar e decidir se acata o pedido e formaliza a ação de impugnação de Fortes junto ao Tribunal Regional Eleitoral

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s