Imagem: foto montagem PortalAZ

A campanha segue no rádio e na televisão e nesta semana  duas pesquisas de opinião pública deram um  fôlego ao candidato a reeleição Wellington Dias (PT). Os números do instituto Data AZ, divulgados pelo Portal AZ e Jornal o Dia  e do instituto Amostragem Sistema Meio Norte deixam a possibilidade do segundo turno mais distante do petista.

Para quem trabalha na campanha na Wellington Dias o final de semana foi de alívio. Pois o governador que vinha em queda livre nos números das pesquisas anteriores, puxou o freio de mão e parou a queda. Ainda não dá para saber qual foi o fato que causou a recuperação de Wellington Dias. Nas duas últimas semanas, a ordem no quartel general de Wellington Dias foi resolver a eleição no primeiro turno.

Esta foi a segunda pesquisa do Instituto Data AZ depois de que as candidaturas a governador foram registradas e a primeira após o início da propaganda eleitoral trouxe uma reação  do governador Wellington Dias (PT), candidato à reeleição, que no cenário anterior tinha sobre si uma tendência de segundo turno e agora guarda uma vantagem de quase dez pontos percentuais sobre a soma de intenções de votos de seus adversários.

Na pesquisa atual do Data AZ, realizada entre os dias 4 e 7 de setembro, Wellington Dias teve com 41,12% das intenções de votos –  contra 36,96% registrados na sondagem estimulada  pesquisa anterior do instituto feita entre os dias 24 e 27 de agosto. Além de parar a queda nas pesquisas, que foi registrado em outras sondagens, o petista cresceu  em 4,16% as intenções de voto.

O instituto registrou a uma no caso de Doutor Pessoa (Podemos) e um crescimento  pequeno de Luciano Nunes Filho (PSDB)mesma um crescimento no mesmo nível entre seus adversários. Aliás, houve foi queda.

O candidato Dr. Pessoa (Solidariedade) caiu  pontos percentuais em relação à sondagem anterior, caindo de 18,16% em agosto para 16,16% agora no começo de setembro, após o início da propaganda eleitoral em rádio e TV, a primeira impressão é que o candidato não tem um bom desempenho horário eleitoral.

O candidato tucano Luciano Nunes variou positivamente, saindo de 8,40% no final de agosto para 9,20% agora em setembro, um crescimento tímido. Este crescimento somado ao fraco desempenho  dos demais candidatos, deixou para trás a tendência de segundo turno captada na pesquisa anterior do instituto, fazendo a alegria de Wellington Dias.

Volto a repetir o problema é que a oposição é muito ruim. Hoje o cenário voltou a ser favorável à Wellington Dias. Porque de uma forma geral os outros candidatos como e Doutor Pessoa, Luciano Nunes Filho (que tem uma possibilidade de crescimento)  demonstra a falta de capacidade de crescimento, por Luciano não empolga. Outro ponto Elmano Férrer, senador da República, que faz uma campanha morna apática.

A situação política do governador Wellington Dias não é fácil. Os escândalos de corrupção expostos pelas operações Topique da Polícia Federal, que investiga a Secretaria de Educação e da operação Ambiental  da Polícia Civil que investiga  a Secretaria do Meio Ambiente criaram um cenário ruim neste momento eleitoral. Como se isso não bastasse, fatos graves foram somados a este quadro como a greve dos professores que durou 75 dias e as várias manifestações contra a gestão de Dias, que acontecem espontaneamente  em todo do Estado.  como o que aconteceu há alguns dias  na cidade de Paes Landim. No caso, um grupo de estudantes confrontou e protestou contra o governador em uma atividade de campanha, na cidade de Paes Landim.

Tudo isso poderia se tornar o cenário ideal para a oposição, mas falta um detalhe, competência para fazer o trabalho contra o governador. Esta oposição no Piauí, versão 2018, é sem dúvida a mais patética e fraca dos últimos tempos, porque o governador visivelmente abalado pelas questões crise politica e financeira do estado,  perde força politica, mas até o momento ainda ganha no voto.

A sorte do governador candidato é a incompetência da oposição que não consegue tirar qualquer proveito político de todo  este desgaste que a campanha de Wellington Dias sofre e isso dá ao governador o fôlego que ele precisa para resolver a fatura no primeiro turno. Mas só lembrando mas ainda faltam 27 dias para a eleição e um Wellington Dias só ganhou um gás extra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s