Foto: Marcelo Cardoso GP1

O relato abaixo  foi passado  ao Blog do Bira na última sexta-feira e mostra a atual situação  dos pacientes renais que fazem o Tratamento do Fora do Domicílio – TFD. Eles estão  com o tratamento  prejudicado por causa dos constantes atrasos  nos  repasses financeiros e também  não  tem como se locomover  porque o os proprietários  dos veículos  que transportam os pacientes,  também  estão  sem receber.

Abaixo o texto recebido pelo Blog.

Não sei se você está sabendo é que nós aqui que somos acompanhantes e pacientes do Instituto do Rim de Picos estamos encarando um grande problema, como também os outros pacientes do Piauí.
É que os pacientes tem direito a um benefício TFD (Tratamento Fora do Domicílio) e está atrasado desde junho de 2018 (4 meses) e já vai completar o 5º mês, já não sabemos mais o que fazer.

Então como sei que você é jornalista e caso você possa levar essa noticia a algum colega de profissão seu pra que possa fazer uma reportagem e divulgar um pouco mais a situação dos pacientes de insuficiência renal crônica, ficaríamos gratos.

Pois a gente liga pra o TFD e eles dizem que já estão depositando o beneficio só que não está saindo pra ninguém que a ogente tem conhecimento. Achamos então que estão só nos enrolando.

Já passou uma reportagem na terça feira (12/11/2018) no Bom dia Brasil e que mostrou até a clinica que meu pai faz o tratamento dele, mas parece que não sensibilizou as autoridades pra fazer os pagamentos.

E já não sabemos mais o que fazer, pois os que viajam de VAN, os donos de VAN já não estão aguentando mais e os outros também não tem mais como manter os seus veículos.

Caso você possa divulgar, ficaremos muito gratos, também se não for possível não tem problema.

De já Obrigado!!!

O relato é de um paciente da cidade Várzea Grande chamado Ditoso Meneses. 

Volto a comentar daqui. Para o Governo  do Piaui estes problemas são pontuais, mas não fala quando  vai resolver a situação  dos pacientes. Existem casos mais graves como o da maternidade Evangelina Rosa que resultou nas mortes de recém-nascidos e de mães  e gerou uma intervenção na unidade de saúde. E todo este caos vem como fruto a falta de responsabilidade administrativa  e financeira dos gestores  estaduais . Neste  caso são  vidas humanas, algumas perdidas e outras prejudicadas pela ação  do Governo.

O que espanta: governador Wellington Dias  acabou de ser eleito para seu quarto mandato com discurso que o estado estava equilibrado, de pé financeiramente. Fato que é mostrado de forma contrária. Denúncias  de atrasos de pagamentos salários de terceirizados,  falta de estrutura e de condições para o estado funcionar são exemplos desta triste realidade por que passa o estado do Piauí.

Para o Executivo Estadual parece que essa situação de paralisia da máquina pública é colocada em segundo plano, uma prova foi a reunião convocada nesta semana pelo Governador com todos os seus secretários e auxiliares diretos para bater o martelo em uma ordem: reduzir e economizar para que o estado se mantenha equilibrado e funcionando.

O governador anunciou que vai fazer  a fusão de órgãos e extinguir outros, mas não conseguiu falar ou precisar, quais as estruturas serão extintas ou serão compactadas. Outro ponto o governador errou feio na soma do cálculo da economia, pretendida pelo estado. Ele falou que a meta é economizar R$ 15 milhões  por mês,  o que daria no final do ano um montante de 150 milhões de economia. O detalhe é que se o governador economizar R$15 milhões por mês ao final de 12 meses ou seja um ano ele teria 180 milhões de economia.

Às vezes o que transparece é que o governador Wellington Dias não sabe o que fala, o melhor dizendo não presta atenção no que fala o que mostra também de certa forma uma falta de cuidado com a gestão pública.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s