Depois de idas e vindas e muitas desculpas esfarrapadas, finalmente o Governo do Estado consegue a liberação dos RS 293 milhões do empréstimo do Finisa I.  Depois de um ano e oitos meses de bloqueio na Justiça Federal, finalmente o Estado vai ter a liberação destes recursos para finalizar as obras que foram iniciadas e muitas delas com pagamentos pendentes.

O Governo do Estado comemora a liberação dos recursos, que estavam parados a quase dois anos. O que o governador e sua equipe não devem esquecer quais foram as causas do bloqueio: a falta de responsabilidade na gestão dos recurso.s Para quem não lembra, o bloqueio  aconteceu depois que uma séries de irregularidades nos pagamentos das obras foram detectadas por auditorias do Tribunal de Contas do Estado  e a denúncia do advogado Valter Rebelo(candidato derrotado ao Governo do Estado) que ingressou na Justiça Federal com uma ação que resultou o bloqueio

O governador Wellington Dias (PT) afirmou  que a liberação destes recursos permite que Estado a retomada de obras paradas.  Segundo ele,  158 projetos serão retomados. As declarações foram dadas durante o Fórum Regional de Infraestrutura Regional- ABDIB.

Ao site cidadeverde.com o governador informou que recurso será importante para a retomada de várias obras.”O Finisa representa o desbravamento de 158 projetos no Piauí. Alguns faltando pouca coisa para conclusão. Outros precisam ter outras etapas para andamento. São obras desde simples calçamento a rodovias.  Obras como a adutora do litoral. Investimentos que geram empregos. Algo em torno de 7 a 8 mil empregos. Ficamos 1 ano e 8 meses aguardando. Vem junto com a liberação de R$1, 5 bilhão de recursos do Fundef. É um compromisso de investimentos na educação. Isso que vai acontecer. Estou animado com a possibilidade de receber o dinheiro da Cepisa. A União nos deve e por meio e uma conciliação  no Supremo. São cerca de R$ 900 milhões”, falou ao site.

A outra ponta estão os credores do Governo que esperam os recursos do Finisa. São empresas de construção que estão com dívidas e muita dificuldades por causa deste bloqueio. O detalhes o governo do Estado ainda não anunciou quando vai retomar as obras e principalmente quando e como vai começar a pagar os empreiteiros.

A Decisão – A decisão de  liberar os R$ 293 milhões referentes à segunda parcela do empréstimo Finisa I,  foi do desembargador federal Kássio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1° Região (TRT), derrubou a liminar de 1ª instância autorizando à Caixa repassar a verba. Os recursos estavam bloqueados por decisão da juíza titular da  5ª Vara da Justiça Federal do Piauí, Marina Cavalcanti.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s