Quando se fala que o Governo de Jair Bolsonaro não é diferente dos outros, é mais pura verdade. E não precisa de muito esforço para perceber isso. O modo de fazer política é o mesmo da classe política dos último trinta anos. Não vou falar aqui do caso do uso do Helicóptero da Força Aérea Brasileira  que transportou parentes do presidente da República para um casamento; ou mesmo a indicação do filho o deputado federal Federal  Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, ou muito menos da liberação das emendas parlamentares no momento das votações da Reforma da Previdência.

Vou falar do resultado das barganhas políticas que o presidente Jair Bolsonaro  faz e mostra que é não é diferente dos seus antecessores. E vou tirar o Piauí como exemplo.  Nesta sexta-feira (26 de julho) foi publicada no Diário Oficial da União a nomeação de Tiago Vasconcelos,  ex-vereador de Teresina para ficar a frente da Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no Piauí – Incra- Piauí. O fato é que este nomeação mostra a que não houve mudança no modo de fazer política.

Mostrando muita força e habilidade politica o deputado federal Júlio César conseguiu emplacar o ex-vereador de Teresina Tiago Vasconcelos. Isso é comprovado  porque desde o Governo Michel Temer, que o deputado federal do PSD manda o órgão. Com as gestões do advogado Howzembergson  Brito (indicado no Governo Temer),  Sérgio Viana (Governo Temer e Bolsonaro) e Tiago Vasconcelos (Governo Bolsonaro).

Para  que o nosso leitor tenha uma ideia, natureza dos trabalhos do Incra dá muitos dividendos políticos, regularização fundiária, construção das mais diversas benfeitorias (estadas, casas, redes elétricas, perfurações de poços) em comunidades rurais, desapropriação de terrenos para o agricultor sem terra são ações que são convertidas em resultados eleitorais. As ações do Incra acontecem em todo o Piauí Por isso que  nos Governos Lula e Dilma era indicação do Partido dos Trabalhadores. A sigla não abria mão disto.   O Incra é um prato cheio para quem tem pretensões políticas – que diga Francisco Limma (PT) que na sua primeira eleição de deputado estadual,  utilizou a máquina do Incra como um dos melhores trampolins políticos dos últimos tempos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O slide  acima mostra a cronologia (uma linha do tempo) da força de indicação de Julio César. Nas imagens:  o deputado estadual Georgiano Neto, o presidente Jair Bolsonaro e o deputado federal Júlio César, o advogado Howzembergson  Brito (indicado no Governo Temer),  Sérgio Viana (Governo Temer e Bolsonaro) e Tiago Vasconcelos (Governo Bolsonaro).

Agora o deputado federal Júlio Cesar continua dando as cartas no órgão e chega  com a nomeação Tiago Vasconcelos, que vai seguir a cartilha do deputado, que tem planos políticos para o PSD nas eleições de municapai de 2020 e na estadual de 2022. Tiago é político e sabe fazer política, mas vamos ver se ele tem mesma competência para transformar ações  em votos. O blog acha que  o Incra tem possibilidade de eleger um vereador em Teresina e dar uma força na campanha de prefeito do PSD.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s