Mão Santa fez o ato e Wellington Dias paga o pato. Ou melhor a conta.

Em 1995, o então governador Mão Santa queria resolver um problema: a falta de recursos e cortou os salário de servidores da Sefaz. O que ele não imaginava que iria criar uma conta de R$ 800 milhões que será paga agora, em 2019, na gestão de Wellington Dias.

Anúncios

Assista a “Qual o tamanho do Progressistas no Governo?” no YouTube e saiba que o Wellington Dias não definiu nada em relação aos cargos e nem assinou a Reforma Administrativa.

https://youtu.be/SfN2sSGYoA4 Sem cargos e sem reforma. Estamos terminando o quarto mês do novo Governo. E ainda não existe uma definição para a ocupação das secretárias do Governo de Wellington Dias. Detalhe: a Reforma Administrativa não foi assinada pelo governador: Será que o Piauí está em crise financeira?